19th Ave New York, NY 95822, USA

Qdo o projeto vira um choque de gerações

Há alguns anos atrás, me vi discutindo com um membro da equipe (muito mais jovem que eu) sobre essa coisa do “ficar refazendo feature” o tempo todo e o quanto isso era contraproducente e desgastante, que parecia estar sempre correndo no mesmo lugar.

Na hora, eu tendi a concordar. Porém, alguma coisa me dizia que essa simplificação era uma análise muito rasteira de um problema muito maior. Quando algo assim acontece, eu sempre recorro à mesma solução, isto é, fui na ciência procurar algum pesquisador que pudesse me ajudar.

Não foi difícil!

Dentro do processo de design existe um casal de autores Jennifer e Ken O’Grady, que referenciamos como O’Grady & O’Grady, pois eles publicam algumas coisas juntos (@Renata Dutra, agora sim, corrigido) e que em 2006 fizeram um excelente trabalho criando um processo genérico para solução e desenvolvimento de projetos/processos de modo geral.

Ele dispõe a equipe em discutir os resultados intermediário das entregas (milestones) e, caso não estejam bons o suficiente, volta-se à etapa anterior. Isso inúmeras vezes e voltando sempre para qualquer uma das etapas. Parece complicado e, por vezes, que vai tornar mais lento, mas é exatamente o contrário!

Fica tudo mais SIMPLES, quando todos aceitam o que será feito, mais ASSERTIVO, pois a entrega final foi aprovada durante o processo e mais RÁPIDO, pois não há necessidade de refazer ciclos inteiros no quarto final da entrega.

Eu, particularmente, achei genial!!!

(E mais interessante ainda é saber que existem inúmeros outros modelos tão bons quanto!)

Related Posts

Leave a comment